Saint Patrick’s Day, o verde e o laranja


O verde é uma das cores mais negligenciadas e difíceis de usar quando o assunto é moda. No Brasil, é pior ainda: combinar com amarelo fica perfeito pra ver jogo da seleção; com rosa, pra ir assistir a desfile da Mangueira; e com marrom fica parecendo árvore. Mas em países como Estados Unidos, Canadá e Irlanda vestir verde no Saint Patrick’s Day faz de você parte da turma, não importa se a cor é tendência na estação ou se a combinação está coerente ou não.

Então, se você estará em Nova York em algum 17 de março não se esforce muito na hora de combinar roupas para sair de casa: ponha no mínimo uma blusa verde (bem veeeerde mesmo, de preferência) e aproveite o clima de festa que toma conta da cidade.

Diz-se que a parada de Saint Patrick’s Day em Nova York é a maior do mundo. O santo é como se fosse o padroeiro da Irlanda e a festa veio pra NYC junto com os imigrantes. Sendo a maior parada ou não, nova-iorquinos e turistas realmente se esforçam para usar alguma coisa verde em NYC. Os homens de negócios, por exemplo, tiram do guarda-roupa uma gravata verde sem medo de não combinar com o resto. Serve até cachecol, pois é uma questão de simbolismo.

É louco de observar as pessoas vestindo verde no Saint Patrick’s Day porque poucas vezes a roupa comunica tanto: se você usa qualquer coisa verde no dia, é sinal de que você – naquele momento – é uma pessoa legal, que está no clima da festa – esteja enchendo a cara ou não – e as pessoas vão até ser simpáticas com você.

E o laranja?

Primeiro, é preciso lembrar que Saint Patrick é algo como padroeiro da Irlanda, e que o país já viveu vários conflitos religiosos, certo? A cor verde é considerada o símbolo do catolicismo no país e vem daquele trevo com três folhas porque, segundo a história oral, a plantinha foi usada pelo santo para explicar a Santíssima Trindade.

Já o laranja é considerado um símbolo do protestantismo, religião que não têm santos e, consequentemente, não tem o Saint Patrick’s Day. Reza a lenda que é daí que vêm as cores da bandeira da Irlanda: o verde seria os católicos, o laranja seria os protestantes e o branco no meio simbolizaria a paz entre eles. Mas isso é folclore, não é oficial como nas cores da bandeira do Brasil.

Enfim, se você está em Nova York em algum 17 de março e sair de casa vestido só de laranja, ninguém vai te bater, mas não prometo nada. Ou as pessoas vão achar que você não sabe nada da cultura irlandesa e da festa que toma conta da rua, ou que você é do contra.

Os comentários estão desativados.